Reserve
Visita a Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia
Nossa-Senhora-da-Conceição

Visita a Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia

Originalmente pré-fabricada em Portugal, a Igreja da Nossa Senhora da Conceição da Praia foi construída a pedido do governador geral de Salvador, Thomé de Sousa, em 1549. A construção foi erguida com pedras de lioz, tipo de calcário que é formado em Lisboa, e previamente enumeradas. Sua decoração conta também com os tradicionais azulejos portugueses em suas paredes e mármores em seu piso.

Localizada ao pé da ladeira que liga a Cidade Alta a Cidade Baixa, a igreja é margeada por outros pontos turísticos bem conhecidos como o Elevador Lacerda, a Baía de Todos-os-Santos e o Mercado Modelo.

Construção e Curiosidade

A construção do primeiro templo foi realizada em 1549, sendo uma segunda reedificação efetivada em 1623, em que partes dessa obra podem ser encontradas na estrutura da igreja atual, edificada em 1736 e concluída em 1820.

A história da construção da Igreja da Nossa Senhora da Conceição da Praia dá margem à dúvida de que se o templo atual foi realmente construído ou apenas ampliado no decorrer dos anos, pois em 1970 foram reveladas em sua estrutura obras que mais parecem decorrentes de uma ampliação.

Homenagens à Padroeira

Considerada a padroeira da Bahia, Nossa Senhora da Conceição é homenageada pelos fiéis católicos no dia 08 de dezembro, onde ocorre uma missa seguida de uma procissão pelas ruas de Salvador. Essa homenagem foi iniciada no século XVI e até hoje é tradicional na Bahia, sendo considerado feriado no estado.

Origem da Devoção à Nossa Senhora da Conceição

Após a chegada dos navios que traziam a tripulação de Thomé de Sousa ao Brasil, uma imagem da Nossa Senhora Imaculada Conceição, padroeira de Lisboa, trazida na viagem, foi abrigada na capela construída no alto da colina. Com o decorrer dos anos, a quantidade de devotos foi crescendo, obrigando a ampliação de igreja, que ficava próxima à praia, e com isso originou-se o nome Igreja de Nossa Senhora da Conceição da Praia. Sendo proclamada a padroeira da Bahia em 1946, ano em que a igreja ganhou uma segunda imagem da santa.

Uma Obra de Arte

Além da belíssima estrutura em pedra de lioz, a igreja foi construída ao estilo barroco, sendo o teto de sua nave a primeira obra completa do barroco, como exemplo do ilusionismo de origem italiana, pintada com uma falsa arquitetura causando ao visitante a falsa ilusão de uma estrutura em camadas, que merece ser contemplada e admirada pelos visitantes. Essa obra foi idealizada por José Joaquim da Rocha em 1772, um dos representantes do barroco brasileiro e fundador da Escola Baiana de Pintura.

A igreja se destaca pela sua fachada alta, a sua estrutura tem 26 metros de altura, permitindo que a sua iluminação seja totalmente natural no decorrer do dia, e suas grandes janelas recebam a brisa vinda do mar. À noite, a sua beleza é ainda maior com a iluminação das luzes artificiais.

Em 1938 a igreja foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).

Visitação

A igreja recebe visitantes o ano inteiro, sendo possível participar das missas que são realizadas diariamente. Por sua bela decoração, são realizados casamentos e batizados. No horário em que não há celebração religiosa, o visitante pode conhecer várias das dependências da igreja, que são abertas ao público, como por exemplo, o pátio com chafariz, as tribunas superpostas e as capelas laterais.

 

 

LEIA OUTRAS DICAS DE SALVADOR