Reserve
O melhor do dicionário soteropolitano
salvador

O melhor do dicionário soteropolitano

Quem conhece a região de Salvador fica facilmente “enrabichado” com a riqueza cultural da cidade, refletida até em seu vocabulário. Se você for conhecer a maravilhosa cidade de Salvador, o ideal é que conheça o um pouco do vocabulário baianês soteropolitano para que você não fique perdido em uma conversa como visitante de Salvador.

Na contramão do que a maioria acha a forma do baiano falar, ou vamos chamar de baianês, não é falado lentamente, mas sim cantando. Gerúndio, não existe para muitos, mas sim o gerúnio: o “d” no “-ndo” é excluído, o que resulta em falano, correno, ao invés de falando ou correndo.

Enrabichado, por exemplo, é uma palavra muito presente nas obras de Jorge Amado, ele usava muito do vocabulário soteropolitano para incorporar ainda mais a qualidade baiana em seus personagens. Enrabichado simboliza o que ele sentia pela Bahia, uma ardente paixão.

Pode parecer complexo o vocabulário e sua compreensão, mas vamos dar uma pincelada de palavras e frases que podem auxilia-lo na imersão da cultura a partir do convívio local. Então, para não se perder e já ir se familiarizando na sua visita em Salvador, “de boa!”, vamos lá.

O melhor do dicionário soteropolitano

“Oxe!” – Todo baiano usa essa expressão para tudo, mas um forasteiro nunca acerta quando usa.  A variação “oxente” também é aceita, mas menos usada.

“Ó pai ó” – Olhe para isso aí, olhe!

“Tá massa” – Ficou bom/ bonito/ legal.

“Diga a ele qui mandei um Xêro” – Mande lembrança para ele.

“Me faça uma garapa!” – Poupe-me (em regra, de uma desculpa sem fundamento).

“É o quê rapaz? “ – Expressa surpresa, indignação.

“Cê sabi que eu num como esse agá” Não estar acreditando ou dando muita importância.

“Quem pariu Matheus é que balance” – O problema é seu.

“Pongou o buzu”“buzu”, e ônibus também é chamado por “humilhante”. Pongou é “pegou”.

“Vey!”usado para chamar a atenção da pessoa com quem está falando – “Veey” – aviso para alguém ter cuidado com algo – “Veeey!” – expressa de discordância – “Veeey!” – expressa de concordância – “Veeeey!” – expressão de surpresa – “Veeeeeey” – expressão de fascínio.  OBS – Existem mais de 10000000 diferentes usos para o verbete “vey” em Salvador.

“Sinaleira” é o famoso semáforo, ou sinal de trânsito. Se estiver indo “se picar”, ou indo (ou ino) embora, e precisar de guias de direção para onde pegar o “buzu”.

Diga ai mãe” – e ai amiga.

“Num lhe digo nada” – Não faça isso.

“Abrir o gás” – Semelhante ao “Se picar”, Abrir o gás significa ir embora.

“Avexado” – Se acabou de chegar a um lugar e já parece estar de saída, e comum te chamarem de “avexado”. A definição mais simples para essa palavra é que estão chamando a pessoa de apressada e ansiosa, que quer tudo pronto na hora.

“Rapaiz!!!” – Que legal!!! – “Rapaiz!!!” – Será? –  “Rapaiz!!!” – Entenda!!! – “Rapaiz!!!” – Não sei não“Rapaiz” Pode ser usado como ameaça. – OBS – Existem mais de 10000 diferentes usos para o verbete “Rapaiz” em Salvador.

Essas são algumas frases e palavras bem comuns que você vai ouvir do rico vocabulário baiano. Não se avexe para aprender, pois o aprendizado dessas palavras é muito mais rápido e fácil com o tempo de contato com a cultura local, e o baiano é bem relaxado para explicar os significados.  Rapaiz!!  abra o gás brodi, se pique… Oxe, se chegue aqui que é massa!

LEIAS OUTRAS DICAS DE SALVADOR