Reserve
Farol da Barra: Explore, Visite e Fotografe!
Farol-da-Barra

Farol da Barra: Explore, Visite e Fotografe!

Com sua localização privilegiada na Baía de Todos-os-Santos, o Farol da Barra, conhecido também como Farol de Santo Antônio, foi o primeiro farol erguido no Brasil e no continente americano. A sua construção ocorreu em 1698, ano em que também foi realizada a segunda reforma do Forte de Santo Antônio da Barra, que era utilizado para fins de defesa do litoral brasileiro contra o ataque de inimigos da coroa portuguesa.

Importância da Construção

Sua construção foi motivada após a tragédia ocorrida em maio de 1668 com o navio Galeão Santíssimo Sacramento, que trazia mais de 400 pessoas a bordo, dentre elas o general Francisco Correia da Silva, designado a Governador Geral do Brasil naquela época. Cerca de 70 pessoas conseguiram sobreviver à tragédia, que matou o general e sua família.

Juntamente com o naufrágio da embarcação e o receio de que outros navios ficassem presos ao banco de areia no rio Vermelho, estava ocorrendo a crescente movimentação do comércio marítimo no maior porto do Atlântico Sul, o Porto de Salvador, viu-se então a necessidade de orientar os navegadores que chegavam ao litoral baiano em busca de pau-brasil, algodão, tabaco, açúcar e outros produtos para abastecer o comércio europeu, e assim decidiu-se construir o Farol da Barra ou Vigia da Barra, que até os dias atuais, mesmo com a modernização dos equipamentos usados nas embarcações, ainda orienta os navios que navegam em águas baianas.

Estrutura e Reformas

Construído em 1698 com maquinário francês, o farol recebeu uma lanterna de bronze em vidro, abastecida com óleo de baleia. Uma reforma foi realizada em 1839, permitiu que o alcance da iluminação do farol chegasse a uma distância de mais de 33 quilômetros.

Em 1937 uma nova reforma foi realizada no farol, e a iluminação do Farol da Barra foi substituída por luz elétrica, proporcionando assim um novo alcance de sua luz para 63 quilômetros de distância.

Conheça e se Encante

Aberto a visitação, o Farol da Barra recebe por ano milhares de visitantes, que buscam conhecer um pouco mais da história do primeiro farol na América. Ao longo da subida dos seus 22 metros de altura, em escada com piso antiderrapante, o visitante conta com algumas paradas em pontos estratégicos e com um pouco da história da construção do farol e equipamentos que foram utilizados na sua estrutura ao longo dos anos.

Após vencer os mais de 80 degraus de sua escada em espiral, a vista do alto da torre do Farol da Barra, com uma visão de 360 graus da Baía de Todos-os-Santos e do Oceano Atlântico, é única e encantadora, o que compensa todo o trajeto da subida.

Localização do Farol da Barra

O Farol da Barra foi construído nas dependências do Forte de Santo Antônio da Barra, que na época era usado para fins militares, e está sob administração da Marinha do Brasil, que também é responsável pela manutenção do Museu Náutico, onde estão guardados diversos documentos náuticos, réplicas de navios, equipamentos e utensílios, que foram usados nas antigas embarcações.

Após conhecer um dos principais pontos turísticos, o Forte de Santo Antônio da Barra, o histórico Farol da Barra e o importante Museu Náutico da Bahia, todos em um só lugar, o visitante poderá contemplar, ao final da tarde, um dos mais belos pores do Sol, que pode ser apreciado do gramado que cerca o Forte.

 

LEIA OUTRAS DICAS DE SALVADOR