Reserve
Conhecendo o Mercado Modelo de Salvador
mercado-modelo

Conhecendo o Mercado Modelo de Salvador

 

Considerado o maior mercado de artesanato do Brasil, o Mercado Modelo de Salvador está localizado na Praça Visconde de Cayru, próximo ao famoso Elevador Lacerda e ao Centro Histórico da capital baiana.

Para os visitantes que desejarem conhecer o artesanato local, o Mercado Modelo dispõe de mais de 260 boxes divididos entre roupas, acessórios, utilidades para o lar, diversas lembrancinhas, dentre outros artigos que são característicos da capital.

Distribuídos em seus dois andares, o local possui ainda representantes da típica culinária baiana, na parte superior estão localizados os restaurantes Maria de São Pedro e o Camafeu de Oxossi, que proporcionam uma bela vista da Baía de Todos-os-Santos. E na parte inferior do mercado, nas diversas lanchonetes existentes, o visitante poderá degustar também um delicioso acarajé, vatapá, bobó de camarão e outros pratos típicos.

História do Mercado Modelo

Construído para ser o principal ponto de abastecimento de alimentos e mercadorias da cidade, o Mercado Modelo transformou-se em um local de encontro das pessoas que moravam ao redor ou que buscavam novidades e diversão. Artistas e escritores eram frequentadores do local também, tornando-se assim um ponto turístico da cidade.

O primeiro prédio onde abrigava o Mercado Modelo foi construído em 1912, porém no decorrer de sua história, sofreu pequenos incêndios, tendo o último mais grave ocorrido em 1969, no qual destruiu por completo toda a sua estrutura, obrigando os comerciantes a se mudarem para a então Casa da Alfândega em 1971, onde hoje abriga o maior mercado de artesanato.

Conhecido por sua arquitetura ao estilo neoclássico, em 1966 o Mercado Modelo de Salvador foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) juntamente com outros pontos turísticos localizados no centro histórico.

Utilizado inicialmente pela alfândega portuária baiana, o prédio do mercado conta com túneis no subsolo, que podem ser visitados pelos turistas, onde eram guardados os produtos que precisavam de temperaturas amenas, tais como os vinhos. Os túneis também são conhecidos por abrigarem os recém-chegados escravos, que aguardavam ser vendidos no comércio local.

Por que conhecer o Mercado Modelo?

Quem viaja para conhecer a cultura local de Salvador, encontra no Mercado Modelo bons artigos para presentes e lembrancinhas dos artesãos da cidade. O local oferece ainda uma grande diversidade de peças produzidas e conhecidas, típicas da Bahia, tais como as famosas pulseirinhas do Senhor do Bonfim, tererês, colares, roupas, rendas, chaveiros, quadros que reproduzem o cotidiano baiano, estátuas, instrumentos musicais e acessórios diversos.

Mas o local também é conhecido por representar a culinária baiana. Lá o visitante encontrará cocadas, pimentas, cachaças, biscoitos e doces artesanais nos boxes e lanchonetes distribuídos ao longo dos dois andares. O Mercado Modelo conta também com os serviços de caixa eletrônicos, correios, ponto de informações para turistas e banheiros, e pode ser visitado gratuitamente em qualquer dia da semana, mediante consulta de horário de funcionamento.

Ao se programar para conhecer o Mercado Modelo de Salvador, o visitante pode incluir também um passeio pela Igreja do Bonfim, que fica próxima a região, o Pelourinho na cidade alta, que pode ser acessado utilizando o Elevador Lacerda, e também conhecer o Monumento à Cidade de Salvador, criado pelo escultor Mário Cravo, onde ficava o antigo prédio do Mercado Modelo destruído pelo incêndio de 1969.

LEIA OUTRAS DICAS DE SALVADOR