Reserve
Conheça a História de Salvador: A primeira capital do Brasil
nossa-historia

Conheça a História de Salvador: A primeira capital do Brasil

Desde o início da colonização brasileira, ocorrida em 1510, a primeira capital do país, Salvador, fundada em 1549 como São Salvador da Baía de Todos-os-Santos, era passagem obrigatória aos navegantes que transportavam as mercadorias para a Europa. O pau-brasil, muito apreciado pelos países europeus, tornou-se alvo dos navegantes, que contrabandeavam para a Espanha, juntamente com animais silvestres, sementes, minerais e algodão.

Com esses acontecimentos ocorrendo em sua colônia, o rei de Portugal, D. João III  enviou várias expedições para o reconhecimento da região, e decidiu que era o momento de ocupar e explorar as novas terras. Essas expedições trouxeram colonos e tripulantes para povoar e explorar a colônia por meio da agricultura.

Com as pessoas vindas de Portugal por meio das expedições, o açúcar se tornou o produto mais exportado do país. E dada a sua extensão territorial, a nova colônia rica em matéria-prima e minerais, passou a ser vista pela Espanha, principal compradora de contrabando francês no ano de 1532.
A solução então encontrada pelo rei de Portugal foi a doação de terras, originando-se assim as famosas Capitanias Hereditárias que tinham como propósito, por meio da administração por particulares, o povoamento do litoral e a proteção da extensão territorial. Nomeado como o 1º governador Geral do Brasil, o militar Thomé de Sousa, teve como missão fundar a então capital do país, Salvador, em 29 de março de 1549, e com isso defender a expansão de Portugal sobre o país.
Ainda no século XVI, no processo de construção da cidade, foi levada em consideração toda a sua característica geográfica, onde pode ser observada claramente na divisão da Cidade Alta e Cidade Baixa, nesta encontram-se as principais atividades portuária e comercial da cidade, naquela, grande parte do centro cultural, tal como o Pelourinho, palácios, conventos, igrejas históricas e belos casarões da cidade, e o centro administrativo atual. Ambas ligadas pelo histórico Elevador Lacerda, construído apenas em 1873.
A cidade permaneceu como a capital do país até o ano de 1763, quando o poder político foi transferido para a nova capital, Rio de Janeiro, movida pela corrida do ouro.

Importância da Cidade para o Turismo e Economia

Margeada por famosas praias, Salvador é um dos destinos mais visitados pelos turistas estrangeiros e brasileiros. Suas águas, com boas temperaturas em praias urbanas ou naturais, fazem do turismo uma das fontes mais importantes da economia local, em paralelo ao centro cultural e histórico, juntamente com o seu artesanato singular.
Vale ressaltar ainda que lá se encontram: o Porto de Salvador, localizado na Baía de Todos-os-Santos, com o transporte para exportação de alimentos, especialmente de frutas, e mercadorias do Brasil, grandes indústrias estão instaladas na cidade, contribuindo significativamente para a economia local por meio também da construção civil e do setor de serviços, um polo petroquímico e uma refinaria de petróleo fazem parte da movimentação financeira também.
Conhecida pela alegria do seu povo, Salvador é destino certo para o visitante que deseja conhecer a cultura do país, por meio de sua arte e arquitetura. Com o clima tropical atlântico sua temperatura média em torno de 25ºC ao longo do ano, as belas praias baianas, que percorrem a extensão de 1.180 km do litoral, são um convite para um passeio no início do dia, passando pelos principais pontos turísticos da cidade e finalizando com um belo pôr do Sol visto da Praça Tomé de Sousa localizada na Cidade Alta.

LEIA OUTRAS DICAS DE SALVADOR